Luz & Cena
LOGIN e-mail
senha
esqueceu sua senha? Clique aqui para se
cadastrar na M&T As novidades da L&C em seu computador
gravar senha

Edição #151
fevereiro de 2012
Índice da Edição 151
Holofote
Direção de Fotografia
Destaque
Galeria
Operalção de Vídeo
Final Cut

Cadastre seu e-mail e
receba nossa Newsletter
As novidades da L&C em seu computador
Direção de Fotografia: Câmeras Profissionais (Parte 1)
Compreendendo o básico
por Léo Miranda 18/02/2012
Diante da análise fotográfica que vimos na edição anterior, para aprimorarmos a nossa visão e conceito fotográfico daremos uma pequena pausa para entender que o olho deve ser exercitado em todos os momentos de nossas vidas. Desse modo, poderemos criar um "pré-conceito" de reprodução de imagens, ou seja, saberemos utilizar a câmera de maneira mais fácil.

Apesar de ser um corpo esquisito e aparentemente complexo, a câmera profissional tem que ser encarada como um olho humano. Sei que parece difícil aceitar isso, mas temos que encarar a câmera desta maneira. Portanto, temos que cuidar dela como cuidamos de nossos olhos.

Ela tem este corpo complexo e cheio de botões e conexões pura e simplesmente para tentar reproduzir a complexidade da visão humana. A engenharia de Deus foi tão perfeita que já se passaram anos e ainda não conseguimos construir uma câmera que reproduza fielmente o que vemos no cotidiano.

Para um operador de câmera, se faz primordialmente necessário conhecer bem a sua visão para que possa se utilizar da câmera para capturar a imagem da melhor forma possível.

Entrando em outro aspecto, a câmera não serve somente para olhar para o mundo através de seus componentes que reproduzem o olho. Não é apenas um binóculo que aproxima a nossa visão de um objeto, mas, sim, um equipamento que utilizamos para registrar imagens que estamos vendo em dado momento, de modo que, posteriormente, outras pessoas possam apreciar as mesmas.

O operador de câmera deve enxergar o que está captando não somente para si ou para o diretor da cena - ele também tem que pensar como espectador, fazendo com que seja unida a técnica de captação e operação de câmera com o olhar artístico e lúdico do ser humano.

CUIDADOS

Ao retirar a câmera da case, devemos ter alguns cuidados (lembre-se de que são nossos olhos):

- Procure uma área livre para a sua movimentação. Se possível, tenha uma mesa próxima para facilitar o pré-manuseio. Retire o tripé da case, prepare o plate, o minibase e o cabeçote de tripé. Monte o tripé numa parte do chão lisa e sem degraus ou obstáculos, procurando manter a câmera nivelada e equilibrada.
<

- Depois de montar a câmera no tripé, comece os ajustes que irão permitir uma melhor utilização do equipamento. Não existe regra para os ajustes: procure o que melhor se enquadra para você e mãos à obra.

- Para enquadrar pessoas, a dica de altura da câmera é sempre estar na altura da linha dos olhos da pessoa que está sendo gravada.

- A primeira coisa a ser feita antes mesmo de querermos ligar a câmera é analisarmos todos os botões e conexões presentes em cada parte dela. Após isso, aí, sim, devemos procurar o botão On/Off para interagirmos com ela.

Na próxima matéria continuaremos com as funções básicas de uma câmera e identificando os botões.

Aguardo você no mês que vem!

Abraços,

Léo Miranda

Léo Miranda Léo Miranda é diretor de fotogra?a e lighting designer.
Há 19 anos atuando na área de iluminação, é especializado em gravações externas e eventos, já dirigiu a fotografia de comerciais
e programas de TV e também ministra treinamento técnico e operacional a grandes empresas.
Versão para impressão de
“ Edição #151:  Direção de Fotografia” Envie este artigo
para um amigo

 ARTIGOS RELACIONADOS - DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA
Um dia de gravação (Edição #161 - 09/12/2012)
A Evolução dos Equipamentos (1ª parte) (Edição #162 - 19/01/2013)
Cameras Profissionais - 3ª Parte (Edição #153 - 17/04/2012)
Volume e Textura (Edição #149 - 16/12/2011)
Direção de Fotografia para Vídeo (Edição #160 - 19/11/2012)
Luz & Cena © Copyright 2000 / 2020 - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Est. Jacarepaguá, 7655 salas 704/705 - Rio de Janeiro - RJ CEP: 22753-900 - Telefone: 21 2436-1825