Luz & Cena
LOGIN e-mail
senha
esqueceu sua senha? Clique aqui para se
cadastrar na M&T As novidades da L&C em seu computador
gravar senha

Edição #89
dezembro de 2006
Índice da Edição 89
Editorial
Produtos
Destaque
EM Foco
Holofote
Galeria

Cadastre seu e-mail e
receba nossa Newsletter
As novidades da L&C em seu computador
HOLOFOTE: Luiz Henrique Sá
por Elisa Menezes 02/01/2007
foto: Zeka Araújo
Aos 24 anos, o carioca Luiz Henrique Sá pode se orgulhar: há dois é assistente de um dos maiores cenógrafos do Brasil, Helio Eichbauer. Com ele, participou de projetos de óperas, peças, shows e, recentemente, ajudou a montar a exposição Helio Eichbauer - 40 anos de cenografia 1966/2006. "Foi um projeto que durou mais de dez meses. Entrei em contato com um imenso material que incluía maquetes, fotografias, desenhos e telões originais de um profissional que é um modelo para mim", diz.

As artes plásticas sempre foram uma certeza para Luiz, que vai ao teatro desde criança: "Ir ao Theatro Municipal era sempre uma felicidade", lembra. Em 1999, começou a cursar as faculdades de Cenografia, na UniRio, e Desenho Industrial, na Uerj. Depois de três anos, decidiu se dedicar apenas ao design.

Além da parceria com Helio, Luiz trabalha como designer gráfico, designer de objetos e cursa mestrado em História do Design. Apaixonado por fotografia, costuma registrar os espetáculos dos quais participa, fazendo fotos de divulgação.

Atualmente, acompanha Eichebauer nos projetos de cenários para a peça Hedda Gabler e para Cê, novo show de Caetano Veloso. Outro projeto é a montagem de uma exposição de pintura para o Museu de Arte Moderna de São Paulo, no ano que vem. 

Formação: Sou formado em Desenho Industrial (programação visual e projeto de produto) pela Esdi/Uerj e cursei o último semestre na ENSCI/Les Ateliers, em Paris. Hoje em dia, faço Mestrado em História do Design na Esdi/Uerj.

Como é o seu processo de criação? Começo pela leitura e pesquisa de temas afins. Assim, eu defino um conceito e busco um banco de imagens relativas à idéia. Depois, vou organizando minhas necessidades até chegar num objeto único. Os detalhamentos são a última parte do projeto.

Pesquisa ou intuição? Pesquisa é essencial em qualquer projeto, mas não dá pra começar um trabalho sem um pingo de intuição.

Um cenógrafo: Helio Eichbauer, sem pensar duas vezes!

A melhor cenografia é aquela que... é parte integrante do espetáculo, tão importante como qualquer outro elemento presente.

Como vê a relação entre cenógrafo e cenotécnico? O cenógrafo tem que saber o que quer, saber o que pode ser feito e detalhar, o máximo possível, seu projeto. O bom cenotécnico deve saber aceitar desafios, produzindo o espaço com praticidade, modularidade e leveza. E saber que, em teatro, o trabalho só acaba quando estréia o espetáculo.

Sonho de consumo profissional: Livros são sonhos de consumo que vão sendo realizados aos poucos. Mas a lista aumenta constantemente.
Um projeto especial: A flauta mágica, por ser o primeiro trabalho desta parceria com Helio. Mas acredito que a exposição que acabei de fazer, com um público de 26 mil pessoas em oito semanas de exibição, foi o projeto mais especial, por mostrar ao público leigo a beleza e a poesia desta profissão. 

Qual o melhor e pior da profissão? O melhor é ver a reação do público quando abrem-se as cortinas. O pior... talvez seja a falta de um maior apoio governamental para o teatro brasileiro.

Dica para quem começa: Considero estar também começando. Então minha dica é um pouco do que faço e penso: estudar e ler muito, guardar imagens importantes, catalogando fisicamente e também em pensamento, saber admirar a beleza. Projetar com seriedade, sem esconder nenhum erro ou problema de si próprio. Trabalhar como um criador, e não como um executor de idéias de outrem. E, principalmente, aprender tudo o que puder com os verdadeiros mestres.
Versão para impressão de
“ Edição #89:  HOLOFOTE” Envie este artigo
para um amigo

 ARTIGOS RELACIONADOS - HOLOFOTE
Felipe Lourenço (Edição #160 - 08/12/2012)
Paula Iglecio (Edição #122 - 15/09/2009)
Rogério Che (Edição #149 - 22/12/2011)
Márcia Moon (Edição #135 - 22/10/2010)
PC (Edição #114 - 21/01/2009)
Luz & Cena © Copyright 2000 / 2020 - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Est. Jacarepaguá, 7655 salas 704/705 - Rio de Janeiro - RJ CEP: 22753-900 - Telefone: 21 2436-1825