Luz & Cena
LOGIN e-mail
senha
esqueceu sua senha? Clique aqui para se
cadastrar na M&T As novidades da L&C em seu computador
gravar senha

Edição #136
novembro de 2010
Índice da Edição 136
Editorial
Novos Produtos
Destaque
Holofote
Final Cut Pro
Pergunte AO OZ
Galeria

Cadastre seu e-mail e
receba nossa Newsletter
As novidades da L&C em seu computador
EDITORIAL: Ilustríssima Trindade
por Sandro Carneiro 22/11/2010
Luz, vídeo e cenário. Talvez esta trinca nunca tenha estado tão presente na Luz & Cena quanto neste número. Das matérias publicadas na edição de novembro, quase todas abordam a associação entre os três elementos, que aparecem cada vez mais integrados na composição de espetáculos e em projetos especiais.

O Rush, que em outubro tocou no Rio de Janeiro e em São Paulo com os shows da turnê Time machine, ofereceu aos milhares de fãs que pagaram para assistir ao trio canadense uma apresentação com iluminação potente e telão gigante para exibição de conteúdo gráfico especial. Junto a isso, levou para o palco backlines, amplificadores e outros elementos cênicos inspirados em histórias Sci-Fi tipo B, como uma enorme aranha mecânica feita de trusses e equipamentos. Tudo alinhado a um conceito geral.

Também grandioso, o show que o cantor sertanejo Eduardo Costa gravou para seu segundo DVD no começo de outubro, no Credicard Hall (SP), seguiu uma linha bem parecida. Com um projeto de luz e vídeo de nível internacional, a apresentação empregou mais de 100 m² de painéis de LED em alta definição, mais de 100 moving lights e um piso de palco próprio para exibição de peças gráficas. No caso, coube ao paulista Zé Carratú garantir o diálogo entre luz, vídeo (foram 11 criados especialmente para o espetáculo) e alguns elementos físicos, o que ele fez mostrando seus esboços para o lighting designer do projeto, o argentino Guillermo Herrero.

Na área arquitetural, recentemente o Rio foi testemunha de várias intervenções de luz e vídeo de tamanho monumental, sobretudo no mês passado. As que ganharam mais visibilidade foram sobre pontos turísticos famosos. O Cristo Redentor, por exemplo, se deu um grande abraço numa campanha contra a exploração sexual infantil. Já na capital paulista, a Ponte Estaiada, o Monumento às Bandeiras e os Arcos do Anhangabaú mudaram de cor para a iniciativa Outubro Rosa, contra o câncer de mama. Em comum, estes e outros projetos tornaram as respectivas cidades que beneficiaram em cenários ainda mais encantadores para habitantes e turistas.

A locadora LCD Pro, por sua vez, tem como diferencial a composição de ambientes mediante o uso de luz e projeções de vídeo especiais, conforme conta seu proprietário a partir da página 20. Foi com esta estratégia, acompanhada da diversificação dos serviços prestados - incluindo o aluguel de equipamentos de áudio -, que em cinco anos a empresa paulista deixou de atender apenas ao mercado corporativo e de festas para abastecer de soluções os maiores festivais de Ribeirão Preto e seus arredores, como a Festa do Peão de Barretos.

Fugindo do assunto luz-vídeo-cenário, preparamos ainda um pequeno guia técnico sobre aterramento elétrico, a melhor garantia contra choques e incêndios em shows e outras produções, segundo especialistas. De olho nos eventos que tomarão conta do país até o fim do alto verão, reunimos numa matéria tudo o que é preciso saber sobre o dispositivo, como os tipos de circuito e eletrodo usados na instalação e o que um técnico deve evitar na hora de fazer um aterramento. Bom divertimento e até dezembro!
Versão para impressão de
“ Edição #136:  EDITORIAL” Envie este artigo
para um amigo

 ARTIGOS RELACIONADOS - EDITORIAL
Grandiosidade real (Edição #154 - 24/06/2012)
Privilégio (Edição #113 - 16/12/2008)
Um parto (Edição #88 - 10/11/2006)
Até breve (Edição #131 - 27/06/2010)
Um pouco de polêmica (Edição #69 - 01/04/2005)
Luz & Cena © Copyright 2000 / 2022 - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Est. Jacarepaguá, 7655 salas 704/705 - Rio de Janeiro - RJ CEP: 22753-900 - Telefone: 21 2436-1825