Luz & Cena
LOGIN e-mail
senha
esqueceu sua senha? Clique aqui para se
cadastrar na M&T As novidades da L&C em seu computador
gravar senha

Edição #132
julho de 2010
Índice da Edição 132
Editorial
Produtos
Destaque
em Foco
Holofote
Teatro
Pergunte AO OZ
Galeria

Cadastre seu e-mail e
receba nossa Newsletter
As novidades da L&C em seu computador
galeria: NA FORMA DA LEI
Luz atrelada à psique de personagens eleva tensão de nova série policial da Globo
por SANDRO CARNEIRO 14/07/2010
Por Alziro Barbosa

Recebi do diretor de núcleo (da TV Globo) Wolf Maya o convite para participar do seriado Na forma da lei. Havia sido indicado por um dos diretores, Emerson Muzeli, com quem trabalho há muitos anos. Então, apresentei a Wolf trechos do meu trabalho nos longas Bela noite para voar e Mistéryos. Com estes dois filmes, quis mostrar que tinha técnica apurada e elementos artísticos autorais. O primeiro é uma produção de época, com estética clássica. O segundo retrata o universo psicológico de um personagem. Na fotografia de ambos, há elementos dramáticos construídos através de um universo fotográfico único.

Em Na forma da lei, especificamente, a visão do diretor é focada na complexidade dramática e psicológica das figuras que fazem parte da história. Wolf é um grande diretor de atores e cada personagem do seriado tem características próprias. Foi a partir destas particularidades que a fotografia foi concebida. Os elementos que utilizei para cada protagonista foram: cor, contraste, característica de luz e profundidade focal.

Além disso, criei conceitos fotográficos para o seriado como um todo. Como se trata de uma série policial, o mais importante é manter a tensão fotográfica. Por isso, trabalhei com uma relação forte de contraste na luz, tons predominantemente escuros e cores mais dessaturadas. Acredito que o mais interessante é sustentar o clima narrativo e a dramaticidade sem dispersar a atenção do espectador com elementos fotográficos desnecessários.

No seriado, a luz predominante é lateral em relação ao rosto dos atores. O contraste aumenta ou diminui de acordo com o clima dramático de cada cena. O roteiro trata de grupos de pessoas antagônicas. Utilizei luzes duras e suaves, junto a diferentes tonalidades de cor, para diferenciar estes grupos. E como acho que o fundamento é o conceito fotográfico e a construção da fotografia é complementa na pós-produção, uma ferramenta importante para o acabamento fotográfico foi o (software) Base Light, que tem como função o tratamento de imagens.

O maior desafio do projeto, que está inserido em uma estrutura industrial, foi manter a personalidade da obra. A Rede Globo tem formas de produção bem estruturadas e sedimentadas. A direção e os produtores me ofereceram um espaço de trabalho diferenciado. A equipe foi estruturada com uma maioria de pessoas permeável a um olhar diferente. Fiquei feliz e surpreso com a aceitação e o companheirismo dos componentes da equipe. Pude contar com câmeras experientes e tive um excelente diretor de iluminação, Alexandre Fructuoso, um importante colaborador na construção da fotografia de Na Forma da Lei.


Alziro Barbosa é diretor de fotografia de filmes, programas de TV e comerciais. Trabalhou em longas como Gatão de meia idade e Serras da desordem. No ano passado, foi premiado no Festival de Recife pela fotografia de Mistéryos. É formado pelo Instituto Estatal de Cinema de Moscou.
Versão para impressão de
“ Edição #132:  galeria” Envie este artigo
para um amigo

 ARTIGOS RELACIONADOS - GALERIA
5 x favela - Agora por nós mesmos (Edição #130 - 12/05/2010)
Vestindo edifícios (Edição #110 - 10/10/2008)
A nova luz do suspense (Edição #128 - 18/03/2010)
Galeria (Edição #91 - 24/02/2007)
Justiça seja feita (Edição #153 - 15/04/2012)
Luz & Cena © Copyright 2000 / 2020 - Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Est. Jacarepaguá, 7655 salas 704/705 - Rio de Janeiro - RJ CEP: 22753-900 - Telefone: 21 2436-1825